Computador de Ciço

Artista: Radiola Serra Alta
Disco: Computador de Ciço
Selo: Independente
Ano: 2014

A cidade pernambucana de Triunfo preza pela singularidade seu clima ameno, suas tradições, sua magia e poesia, o mistério de suas ladeiras. Em meio a esse terreno fértil surge o Radiola Serra Alta, trio eletrônico que promove um diálogo entre cultura popular e as novas tecnologias. Em seu primeiro disco, "Computador de Ciço", a dupla eletrônica catalisa elementos da cultura popular nordestina como o côco de roda, o aboio, o forró e os reprocessam em batidas do dub, jungle e drum and bass, ou como a dupla mesmo intitula, “um eletrococo muderno”. Produzido por Chico Correa, o disco é uma celebração ao batuque binário nordestino. //// The city of Triunfo, in the state of Pernambuco, cherishes the singularity of its mild weather, its tradition, its magic and poetry, the mystery of its slopes. Radiola Serra Alta sprung up in this fertile ground, an electronic trio that promotes a dialogue between popular culture and new technologies. On their first album, "Computador de Ciço" (Ciço's Computer), the electronic duo catalyzes elements from the Northeastern popular culture, such as côco de roda (African-influenced musical rythm and dance), aboio (a type of chant), forró (popular dance and music) and reprocesses them through dub beats, jungle and drum and bass, or into what the duo likes to call "a modern eletrococo". Produced by Chico Correa, the album is a celebration of the binary drumbeat from the Brazilian Northeast.

Faixas
1. Aboio Beat 2. Computador de Ciço 3. Tecnologia a Serviço dos Caboclos 4. Samba Bom 5. Corisco 6. Eu Pisei na Pedra 7. Forró do Mugunzá 8. Coco do Retorno 9. Dub da Menina 10, Coco de Nosso Senhor 11. Dub da Menina (Furmiga Dub Remix)

iTunes
https://itunes.apple.com/br/album/computador-de-ci%C3%A7o/996210923

Spotify
https://open.spotify.com/album/7CMhIuwR6p4KrGANz5s0sx?locale=es&fo=1

Deezer
https://www.deezer.com/br/album/10358306

Encantações

Artista: Renata Rosa
Disco: Encantações
Selo: Independente
Ano: 2015

Renata é uma paulista de alma nordestina que se fixou em Recife e fundamentou seu trabalho entre Pernambuco e Alagoas. Sua voz tem relação direta com as vozes femininas das muitas tradições da região, especialmente o coco, o que faz dela uma das mais peculiares cantoras no momento. Além de cantar, toca rabeca e percussão presenteando os ouvintes com um repertório de canções que fazem parte de uma pesquisa de cultura tradicional em Alagoas e Pernambuco. //// Renata is a paulista (São Paulo-state born) of Northeastern soul who settled in Recife and based her work on the sounds from Pernambuco and Alagoas. Her voice is directly related to the female voices of many traditions of the region, especially the coco (traditional music and dance with African roots), which makes her one of the most peculiar singers at the moment. Besides singing, she plays the rebec and the drums, presenting listeners with a repertoire of songs that compose a survey of traditional culture in Alagoas and Pernambuco.

Faixas
1. Jurema 2. Saudade do Futuro 3. Cantar Ciranda 4. Imbarabaô 5. Amei Demais 6. Roda do Vento 7. Encantações 8. Marcha do Donzel 9. Água nos Olhos

iTunes
https://itunes.apple.com/us/album/encanta%C3%A7%C3%B5es/998468718

Spotify
https://open.spotify.com/album/4Jwnuok0j9nwf1WoAOLV3Z

Deezer
https://www.deezer.com/br/album/10497570

Peji

Artista: Gilu Amaral
Disco: Peji
Selo: Independente
Ano: 2018

Peji levou cinco anos para ser finalizado e reflete a diversidade do universo musical pesquisado por Gilú. O disco tem dez músicas, cinco são instrumentais e cinco cantadas. "Eu quis levar para Peji um pouco dessa minha natureza de explorar várias linguagens, uma miscelânea de coisas que eu vivo todos os dias, embora apresente alguns elementos que unificam o disco, como a viola distorcida e com pedal, o baixo e a percussão, que obviamente é o ponto alto de todo trabalho", afirma o artista. //// Peji took five years to make and reflects the diversity of the musical universe researched by Gilú. The record has ten songs: half instrumental, half vocal. "I wanted to infuse Peji with a bit of this nature of mine, of exploring some languages, a hodge-podge of things that I live every day, even though I present some elements that unify the record, such as the distorted and pedaled viola, the bass e the percussion, which are obviously the high point of all the work", the artist states.

Faixas
1. A Nave 2. Vinheta Hang 3. Lagoa do Olhar 4. Holandas 5. Mão do Amor 6. Africando 7. Aruá 8. Suíte Berimbau 9. O Karma 10. Dias Nublados

iTunes

Spotify
http://open.spotify.com/album/3ZCkOliHCyNYAERtTzGtAT

Deezer
http://www.deezer.com/album/65279902

Nove de Frevereiro – Vol. 2

Artista: Antônio Carlos Nóbrega
Disco: Nove de Frevereiro - Vol. 2
Selo: Independente
Ano: 2017

Antonio Nóbrega nasceu em Recife, Pernambuco, em 1952. Sua iniciação artística se deu através do violino, instrumento que sempre o acompanhará em suas diversas atividades artísticas. Para mostrar a versatilidade desse gênero musical, Nóbrega pediu a vários compositores que “arranjassem” os frevos que escolhera em novas formações orquestrais. E aí está: violino com quinteto de metais, com conjunto de sax, com regional de cordas, com orquestra de frevo e por aí vai. //// Antônio Nóbrega was born in Recife, Pernambuco, in 1952. The violin paved his first steps in music, and has since then accompanied him in his many artistic activities. In order to show the versatility of this musical instrument, Nóbrega invited different composers to recreate the frevos he chose in new orchestral formations. And there you have it: the violin with a brass quintet, with a sax band, with local string instruments, with a frevo orchestra and so on.

Faixas
1. Fervo 2. Clovinho do Frevo 3. Festim 4. Galo de Ouro 5. Segura no Meu Braço 6. Brincando com Clarineta 7. Por quem os Blocos cantam 8. Pra vocês Foliões 9. Avenida Brasil 10. Tirando a Casaca 11. Saudosos Foliões / Alegre Bando (pout Pourri) 12. Canhão 75 13. Duas Épocas 14. Florilégio 15. Corisco 16. Melodia Sentimental

iTunes
https://geo.itunes.apple.com/br/album/id1265187972?at=1000lpDm&mt=1&app=music

Spotify
https://open.spotify.com/album/74BrJuhe1Eu1d431s94K6z

Deezer
http://www.deezer.com/album/45479891

Nove de Frevereiro – Vol. 1

Artista: Antônio Carlos Nóbrega
Disco: Nove de Frevereiro - Vol. 1
Selo: Independente
Ano: 2017

Composto por dois CDs, o álbum é uma homenagem ao Frevo, ritmo pernambucano sempre presente no trabalho de Antonio Nóbrega. Parte do trabalho é composta por obras instrumentais marcadas pelo violino e há também frevos cantados. O projeto apresenta formações orquestrais com quinteto de metais, conjunto de sax, regional de cordas e orquestra de frevo. O título faz referência à primeira data em que a palavra frevo foi publicada pela imprensa. /// This double album is a tribute to Frevo, a rhythm originated in Pernambuco that has always been present in the work of Antônio Nóbrega. Part of the work consists of instrumental violin-based works and vocal frevo songs. The project features orchestral formations with a brass quintet, a sax band, local string instruments and a frevo orchestra. The title refers to the date on which the word frevo first appeared in the press.

Faixas
1. Último Dia / Mexe com Tudo (pout Pourrit) 2. Sonhei que estava em Pernambuco 3. Folias da Madrugada 4. A Pisada é essa 5. Transcendental 6. Dedé 7. Chuva Morna 8. Cocorocó 9. Quinho 10. Capenga / Mordido (pout Pourrit) 11. Ingratidão 12. Garrincha 13. Isquenta Muié 14. Vão me levando 15. Relembrando o Passado

iTunes
https://geo.itunes.apple.com/br/album/id1264589186?at=1000lpDm&mt=1&app=music

Spotify
https://open.spotify.com/album/5DHEUq7n4TTY3xdsJvd10i

Deezer
http://www.deezer.com/album/45416361