Poesias do Povo

Artista: Zé Brown
Disco: Poesias do Povo
Selo: Yb
Ano: 2018

Um dos pioneiros na mistura de rap com repente, coco e embolada, o músico pernambucano Zé Brown também é conhecido por ter ajudado a criar, em 1988, o grupo Faces do Subúrbio. Nos últimos anos, Zé Brown se dedicou à pesquisa de culturas regionais para compor as músicas do álbum “Poesias do Povo”. Gravado no estúdio Medusa em São Paulo, com direção musical de Janja Gomes (filho do percussionista João Parahyba), o disco apresenta uma síntese do diálogo que Zé Bown vem propondo entre o hip-hop e a cultura popular brasileira, a metrópole e o agreste, o interiorano e o urbano.

Faixas
1. Vou Imbolá (feat. Jéssica Menezes) 2. Caco de Vidro (feat. Simone Essi) 3. Mais um Mandamento (feat. João Parahyba) 4. Teatro de Deus (feat. Terno Quente) 5. Quem Tem Coragem (feat. Maciel Melo) 6. Não Maltrate (feat. Alessandra Leão, Rafa Nepomuceno & Caçapa) 7. Embolada e Pensamento 8. Chegou a Hora 9. Nunca Subestime 10. Soulhiphop (feat. MC Jack) 11. Butadas (feat. Caju & Castanha) 12. Sobrevivência 13. Coco do P 14. Sertão Velho Sertão

iTunes
https://itunes.apple.com/us/album/poesias-do-povo/1444308753

Spotify
https://open.spotify.com/album/7eqzrldP8M79XnzoxH4sNi

Deezer
https://www.deezer.com/us/album/79986362

Rasif

Artista: Amaro Freitas
Disco: Rasif
Selo: Far Out Recordings
Ano: 2018

"Rasif", lançado pelo selo inglês Far Out, celebra o rápido reconhecimento de Amaro Freitas no exterior. Sua música prima pela originalidade, por reprocessar gêneros musicais locais, com camadas de jazz, criando um híbrido, que soa como um novo ritmo. O coco "Trupé" tem do ritmo original a essência do Samba de Coco Raízes de Arcoverde, no qual foi inspirado. "Rasif", origem árabe do nome Recife, é pródigo em desfechos harmônicos inesperados, mudanças de compassos, ritmos, que é característica do Amaro Trio Freitas. (José Teles) /// "Rasif", released by the british label Far Out, celebrates the rapid recognition Amaro Freitas has earned abroad. His music strives for originality, for reprocessing local musical genres with layers of jazz, creating a hybrid that sounds like a new rhythm. The original rhythm found in the coco song "Trupé" stems from the essence of the group Samba de Coco Raízes de Arcoverde, in which it was inspired. "Rasif", the Arab origin of the name Recife, is prodigal in unexpected harmonic outcomes, changes of pace, rhythms, which is characteristic of the Amaro Freitas Trio. (José Teles)

Faixas
1. Dona Eni 2. Trupé 3. Paço 4. Rasif 5. Mantra 6. Aurora 7. Vitrais 8. Plenilúnio 9. Afrocatu

iTunes
https://itunes.apple.com/br/album/rasif/1429825202

Spotify
https://open.spotify.com/album/1ToKUqpDqUw5Imnh1oCjNf

Deezer
https://www.deezer.com/br/album/70964192?app_id=140685

Intensidade

Artista: Vates e Violas
Disco: Intensidade
Selo: Independente
Ano: 2014

A Banda Vates e Violas foi criada pelos irmãos poetas e músicos, Miguel Marcondes e Luís Homero. Nascidos em família de poetas, filhos do "Mestre das artes" Zé de Cazuza, mais conhecido como o Homem Gravador, conviveram com repentistas, aboiadores, forrozeiros, emboladores, cordelistas, cantadores de coco e de mazuca, podendo citar como grande referência: Zé Marcolino, o grande poeta e compositor, parceiro do Rei do Baião Luiz Gonzaga.

Faixas
1. Imensidão 2. Junta e Separa 3. Intensidade 4. Adeus São Paulo 5. Uguara 6. Solo Sagrado 7. Ruas de Monteiro 8. Sombra da Lua 9. Parafuso de Aço 10. Noite e Dia na Bahia 11. Lurdinha Disse 12. Sarrabuio 13. Dia Santo

iTunes
https://itunes.apple.com/br/album/intensidade/1238988667

Spotify
http://open.spotify.com/album/7p6kfWFs4KBo2CdNhVOVE1

Deezer
https://www.deezer.com/en/album/42011861

Cabeça Feita

Artista: Silvério Pessoa
Disco: Cabeça Feita
Selo: Independente
Ano: 2015

"Cabeça Feita" é um projeto de Silvério Pessoa cantando Jackson do Pandeiro. O álbum traz quinze canções do Rei do Ritmo registradas com fidelidade à atmosfera dos antigos estúdios. O gene de Jackson do Pandeiro está presente no canto de Silvério Pessoa desde o começo de tudo, como uma camada a mais da música da Zona da Mata nordestina. A escolha das canções contempla os lados A e os lados B de tantos discos da discografia do mestre. Clássicos interpretados por Silvério e seus músicos, valorizando as melodias, os graves, o jeito elástico de escandir os verbos.

Faixas
1. Cabeça Feita 2. Pot-Pourri: Rosa / Cajueiro / Forró em Limoeiro / Cabo Tenório 3. Coco Social 4. 1x1 5. A Ordem É Samba 6. Pot-Pourri: Secretária do Diabo / Vou Sambalançar / Samba do Ziriguidum 7. Peneirou Gavião 8. Mãe Maria 9. Pot-Pourri: Vou de Tutano / Xote de Copacabana / Xarope de Amendoim 10. Quadro Negro 11. Mané Gardino 12. Coração Bateu 13. Balançaram a Roseira 14. Casaca de Couro 15. Boa Noite

iTunes
https://geo.itunes.apple.com/br/album/id986812617?at=1000lpDm&mt=1&app=music

Spotify
http://open.spotify.com/album/5k4o55kfxvv5byv3gTb1gC

Deezer
http://www.deezer.com/album/10143248

Computador de Ciço

Artista: Radiola Serra Alta
Disco: Computador de Ciço
Selo: Independente
Ano: 2014

A cidade pernambucana de Triunfo preza pela singularidade seu clima ameno, suas tradições, sua magia e poesia, o mistério de suas ladeiras. Em meio a esse terreno fértil surge o Radiola Serra Alta, trio eletrônico que promove um diálogo entre cultura popular e as novas tecnologias. Em seu primeiro disco, "Computador de Ciço", a dupla eletrônica catalisa elementos da cultura popular nordestina como o côco de roda, o aboio, o forró e os reprocessam em batidas do dub, jungle e drum and bass, ou como a dupla mesmo intitula, “um eletrococo muderno”. Produzido por Chico Correa, o disco é uma celebração ao batuque binário nordestino. //// The city of Triunfo, in the state of Pernambuco, cherishes the singularity of its mild weather, its tradition, its magic and poetry, the mystery of its slopes. Radiola Serra Alta sprung up in this fertile ground, an electronic trio that promotes a dialogue between popular culture and new technologies. On their first album, "Computador de Ciço" (Ciço's Computer), the electronic duo catalyzes elements from the Northeastern popular culture, such as côco de roda (African-influenced musical rythm and dance), aboio (a type of chant), forró (popular dance and music) and reprocesses them through dub beats, jungle and drum and bass, or into what the duo likes to call "a modern eletrococo". Produced by Chico Correa, the album is a celebration of the binary drumbeat from the Brazilian Northeast.

Faixas
1. Aboio Beat 2. Computador de Ciço 3. Tecnologia a Serviço dos Caboclos 4. Samba Bom 5. Corisco 6. Eu Pisei na Pedra 7. Forró do Mugunzá 8. Coco do Retorno 9. Dub da Menina 10, Coco de Nosso Senhor 11. Dub da Menina (Furmiga Dub Remix)

iTunes
https://itunes.apple.com/br/album/computador-de-ci%C3%A7o/996210923

Spotify
https://open.spotify.com/album/7CMhIuwR6p4KrGANz5s0sx?locale=es&fo=1

Deezer
https://www.deezer.com/br/album/10358306